Patrick Stump fala sobre Grammy, One Direction e mais

Patrick Stump falou com exclusividade para o site hollywoodlife.com sobre tudo relacionado ao Grammy, Blink 182, One Direction, Wiz Khalifa e muito mais.

Com o Grammy se aproximando, quem você acha que será o grande vencedor desse ano?

“Isso é difícil porque muitos álbuns revolucionários foram lançados nesse ano. Quero dizer, obviamente Sam Smith é uma certeza, ele é favorito da crítica e dos fãs também. Tem álbuns que são divertidos de ver o progresso, eu acho que é um álbum excelente. Provavelmente vai ser bem interessante ver Hozier e estou tentando pensar em quem mais, acho que tivemos grandes álbuns de hip hop mas não consigo pensar em algum que realmente se destaque, porque houveram tantos álbuns bons então fica difícil escolher um. Mas vai ser ótimo!”

Como vocês se sentiram sobre o término do Blink 182?

“Sabe, eu penso que essa história ainda não chegou ao fim e veremos aonde ela vai parar! Sabe, eu estou curioso para ver como tudo vai se acertar assim como todo mundo também está!”

Vocês escreveram canções para o One Direction que não foram utilizadas, e Pete explicou que talvez elas tenham sido um pouco estranhas. O que fez elas serem estranhas e não serem lançadas e você acha que elas podem vir a ser lançadas no futuro?

“Bom, nós ainda mantemos contanto com eles então veremos se conseguiremos escrever outras coisas no futuro. Acho que o problema foi, quero dizer, o One Direction está realmente em um lugar muito único no meio musical e eu acredito neles como artistas de verdade, porque você os conhece e fala com eles, eles estão muito no controle do que está acontecendo e eles sabem o que está acontecendo. De todas as bandas mais jovens que já conheci, eles são uma das que trabalha com mais empenho, não importa o que as outras pessoas pensem, eles são muito afiados! Eles só estão tendo cuidado com o legado deles porque eles querem fazer com que o rótulo de boy band cresça e eu acho que eles conseguem fazer isso, completamente. Eu adoraria fazer essa parceria acontecer e eu quero ir atrás disso novamente, veremos o que acontece e se dá certo. Mas, eu também estou em uma banda e você precisa ver o que dá certo para a sua banda então, você sabe, seja lá o que funcionar!”

Wiz Khalifa acabou de lançar um remix da canção do Fall Out Boy “Uma Thurman.” Podemos esperar outra colaboração entre vocês e ele nesse verão?

“Eu espero que sim, eu realmente não posso prever e eu nunca sei realmente o que vai acontecer quando estamos em turnê, mas eu adoraria ver isso acontecer, seria muito divertido!”

O novo álbum, “American Beauty/American Psycho”, brinca com a ideia de samples, o que é mais visto no mundo do hip hop do que no rock. Como o FOB utilizou samples como forma de afirmação nesse álbum?

Então, basicamente você foi exatamente no ponto certo, é visto como essa coisa que artistas de rock não fazem e as pessoas pensam que é para o hip hop e para todos os outros gêneros! Isso é o que é engraçado, eu sinto que todo o tipo de música já experimentou utilizar samples de alguma forma, e no rock isso ainda é considerado tabu e isso é meio bobo. Eu penso que o rock precisa entrar no novo milênio e precisamos entender isso. Quero dizer, tem um cara que fica em frente a Amoeba records que entrega adesivos que dizem que baterias eletrônicas não têm alma e isso é verdade, mas a pessoa que fez a programação tinha uma alma. Só porque a música às vezes está vindo de algo eletrônico ou computadorizado, não significa que alguém não está colocando a alma e a arte para criá-la. Eu acho que o rock precisa ficar de bem com isso. Roqueiros sabem que você sabe, roqueiros estão abertos a isso, mas há um pânico coletivo de que as guitarras não serão mais utilizadas, mas não se preocupe, elas ainda serão, ainda iremos tocar guitarras bem alto! (risos)

Fonte: hollywoodlife.com

Aline Delarmelina

About Aline Delarmelina

Fã de Fall Out Boy desde que caiu de amores pelo Folie A Deux por obra do destino. Apaixonada por música, Inglês, livros e pela natureza. Carrega a Biologia no coração mas é professora de Inglês pelas reviravoltas da vida. Parte do Fall Out Boy Brasil desde o início de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>